História

              Passa-Quatro

    

Câmara Municipal

  • 25 de junho de 1888: Envio de um abaixo-assinado pela população passaquatrense à Assembleia Legislativa da Província, solicitando a criação do município. Tal petição foi assinada por 134 cidadãos entre os quais se encontravam: Antônio Ribeiro Pereira, que era fazendeiro e juiz de Paz, Francisco Ribeiro da Mota, segundo juiz de Paz, Esmeraldo Francelino da Silva, professor público, Ângelo Rafael D'Alessandro, negociante, Bernardo da Silva Brito, diretor do Atheneu Passaquatrense, José Fernandes de Barros, padeiro, Joaquim José Diniz, açougueiro, Frederico Marques, Antonio Gianetti, artífice, Cirilo Guedes, caixeiro, Henrique Turner, artífice, Antônio Luz da Silva Pinto, negociante, Citti Natalli, negociante, G. Powell, inspetor da Empresa Minas and Rio Railway, Robert H. Powell, estudante, Cláudio Vieira da Mota, foguista, João Correia da Silva, lavrador, Joaquim Rodrigues Nogueira, maquinista, e Artur Tibúrcio Ribeiro, caixeiro.
  • 7 de junho de 1888: Emissão de um ofício da câmara municipal de Pouso Alto à Assembleia Legislativa Provincial com moção de aprovação e apoio à pretensão do povo da cidade.
  • 1º de setembro de 1888: Criação do município de Passa Quatro pela Lei Provincial n° 3.657, transcrita ao lado na ortografia da época. Por este motivo a data é comemorada hoje como aniversário da cidade e também é feriado municipal.
  • 13 de dezembro de 1890: Instalação da Câmara Municipal de Passa Quatro, posse dos primeiros vereadores e do Presidente Coronel Antônio Ribeiro Pereira.
  • 31 de janeiro de 1892: Primeira eleição para a câmara municipal.

 

“''Lei nº 3657 de 1° de setembro de 1888 - Eleva à categoria de Villa, sem foro, a freguezia de Passa Quatro.

O Barão de Camargos, Vice-presidente da Provícia de Minas Geras: Faço saber a todos, os seus habitantes, que a Assembleia Legislativa Provincial decretou, e eu sanccionei a lei seguinte:
Art. único. Fica elevada à categoria de de villa, sem foro, a freguezia de Passa Quatro; revogadas as disposições em contrário.
Mando, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida lei pertencer, que a cumpram e façam cumprir tão inteiramente como nella se contem. O secretário desta Provícia a faça imprimir, publicar e correr, dada no Palácio da Presidencia da Província de Minas Geraes, ao primeiro dia do mez de setembro do anno do nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil oitocentos e oitenta e oito, sexagésimo sétimo da Independência e do Império.
Barão de Camargos

Sellada e publicada nesta Secretaria, aos 20 de outubro de 1888. Servindo de Secretário Pedro Queiroga Martins Pereira

 

 

 

 

Calendario

Setembro 2014
SSTQQSS
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930